Feeds:
Posts
Comentários

Não é sempre que escrevo sobre filmes, mas esse não teve como deixar passar, primeiro pela história, e segundo pela atuação dos protagonistas. Bradley Cooper interpreta Jackson Maine, músico famoso com problemas de alcoolismo, e (pasmem) Lady Gaga interpreta Ally, uma garçonete que se apresenta num bar de drag queens, e que quase desiste do sonho de ser cantora profissional.

Eu fiquei pasmo com a voz do Bradley Cooper e com a direção do filme, que também é ele quem dirige, mas fiquei abobado com a Lady Gaga, que se apresenta sem maquiagens espalhafatosas como é (era) de costume vê-la na mídia. Uma voz que me lembrou muito a Whitney Houston, e que me arrepiou em todos os momentos que ela apareceu cantando no filme. Ahh, e se acha que é playback, tire o cavalinho da chuva. A própria Lady Gaga pediu que as cenas onde tivesse que cantar fossem ao vivo, ou seja, o que você está vendo na telona, realmente foi gravado alí, naquele momento, com ou sem banda.

Bradley Cooper não fica longe, uma voz gostosa de se ouvir, uma interpretação convincente e uma sensibilidade para dirigir o filme fora do comum. As músicas foram escritas por Bradley e Gaga com participação de outros artistas, como Elton John. Talvez por isso o filme tenha agradado tanto a crítica internacional, porque, realmente, as músicas são incríveis. Dá vontade de ouvir no modo repeat a soundtrack do filme o dia todo.

Durante o filme, Lady Gaga perdeu sua melhor amiga para o câncer, e teve que sair mais cedo no dia da gravação da cena final (a mais emocionante no filme). Quando voltou no dia seguinte para as gravações, fez apenas uma vez e o diretor disse que não precisava repetir, porque estava perfeita. Ah sim, todos chorando no cinema nessa hora.

Um drama de dar gosto! Músicas que arrepiam até o último pêlo do corpo! A química que Cooper e Gaga tem… nossa! Não acredita? Então espia:

 

E a música mais bonita do filme. É de chorar com a voz dela. Aumente o volume:

 

fundo-de-luarLonge dos olhos e perto do meu coração, onde você estiver com você estarei!
Não há distância pra minha imaginação: enquanto vida eu tiver de você eu serei!
As suas cartas eu leio e releio porque elas me fazem pensar que eu estou com você.
Quero, meu Deus com eu quero, essa mulher comigo. Como eu espero o momento de vê-la chegando. Choro só de imaginar, e peço ao meu coração: aguente firme não pare, não me deixe na mão!
Quero, meu Deus como eu quero, abraçá-la de novo e nunca mais dos meus braços deixá-la sair. Sem preconceito ser seu, na mais bonita das noites, despida assim como a lua, te amar e dormir!

New ways abroad!

Mapa

OMG! Passed more than 3 years, I had this great surprise! The number of views increased exponentially. So I say thank you so much!

¡Dios mio! Pasó más de 3 años, y tuve esta gran sorpresa! El número de visitas aumentó muchíssimo. Entonces vos digo muchas gracias!

Meu Deus! Passou mais de 3 anos e eu tive essa grande surpresa! O número de visualizações aumentou exponencialmente. Então, muito obrigado a todos!

Dio mio! È già passato più di 3 anni, ho avuto questa grande sorpresa! Il numero di visualizzazioni è aumentato tanto. Quindi vi dico mille grazie!

============================================================================

Wow! Today I saw that my blog was visited by foreigners from United States, Germany, Portugal and Colombia.

I’m really pleased and I thank you guys your visits.

Best regards,

Rafael Aguilar

 

Wow! Hoy vi que mi blog fué visitado por extranjeros desde Estados Unidos, Germania, Portugal y Colombia.

Estoy muy contento y los agradezco mucho por todas las visitas.

Los quiero,

Rafael Aguilar

 

Wow! Hoje vi que meu blog foi visitado por estrangeiros dos Estados Unidos, Alemanha, Portugal e Colombia.

Estou muito honrado e agradeço a vocês todas as visitas.

Saudações,

Rafael Aguilar

mapa de visitas

Mozi, hoje é o nosso dia. Lembra dessa foto? São quatro anos de calor, quatro anos de amor, mil histórias para contar, centenas de emoções vividas nesse tempo todo. Hoje precisamos mesmo é celebrar, cantar e pular de alegria, satisfação, loucura… E nós sabemos que é difícil, mas com este amor que sentimos tudo é leve, nem tudo é fácil, mas tudo é possível.

Mozi, você é a paz que preciso para as guerras da vida, que não são poucas na situação que me encontro. Em meio ao stress, à falta de tempo e a correria para dar conta de tudo, em você encontro a calmaria e volto a pensar com clareza. É no seu porto que meu barco se recupera das tempestades enfrentadas.

Mozi, meu amor, você é mais do que algum dia sonhei ter na vida e hoje é tudo que quero para ser feliz. Você é o mundo onde só quero viver e de lá jamais sair. Obrigado pelo tempo juntos, por tanto aprendizado e por tanta dedicação. Se estamos aqui, é porque somos fortes, e porque nosso amor é muito maior que tudo. Num mundo onde é mais fácil desistir, persistir é motivo de orgulho!

Mozi, hoje completamos 4 anos de um relacionamento muito especial. Ainda é pouco tempo perto de tudo que ainda viveremos lado a lado, mas eu já posso dizer que esse casamento será o que sempre sonhei.

Te amo, te quero, te admiro, te adoro, te desejo, te apoio, te agradeço… ontem, hoje e sempre!

As duas janelas

Acontece assim, de a gente se perder e a neve cobrir os passos dados até aqui. Somos duas janelas por onde o sol não entra mais, quando fica escuro é alí que falta você. As mãos sobre o travesseiro e o seu olhar sobre mim. Estou te procurando lá distante quando percebo que de mim você viu o invisível.
Olha pra mim, se não estou te ouvindo, me ouça! Se estou em silêncio, fica aqui. Se todo o bem que eu te dei ainda existe, me desculpa? Se não te entendi, me ajuda! Estou aqui e por isso me abrace, porque vejo que ainda haja luz por essas duas janelas.
Conquistei tanto, e muito mais, mas entre as coisas que conquistei não encontrei refúgio, não encontro ainda… dizem que o destino sozinho se encarrega de curar as feridas, mas indo mais além daquilo que temos, diga se me ama e o por quê? DIGA A QUEM AMA O PORQUÊ!
Olha pra mim, se não estou te ouvindo, me ouça! Se estou em silêncio, fica aqui. Se todo o bem foi confirmado que ainda existe, me desculpa se não te entendi. Me ajuda? E se depois eu me perder, me abrace, porque eu ainda vejo luz naquelas duas janelas.
Mas são duas janelas frágeis. Sinto em meio ao pânico a sua ausência que me assombra. Você não sabe como é difícil perder-se entre as margens de uma cama onde não te encontro mais. Não mais.
Olha pra mim, se não estou te ouvindo, me ouça. Enquanto ainda houver silêncio, fique aqui. É uma noite complicada, entretanto, é somente nossa.
Desculpe-me! Se não te entendo, me ajuda? Estou aqui! Por isso, me abrace, ainda vejo luz entre essas duas janelas. Olha pra mim…
Se o amor é sempre amor, no fundo ele sempre irá resistir. Por que não me percebe?
Se estou te procurando, me escute. Estou aqui, então me abrace. Todo o bem que provamos, ainda existe!

(Baseado na música Le Due Finestre – Laura Pausini)

E olha eu aqui de novo! Desta vez com uma coisa diferente. Fiz uma tradução livre e adaptada da música La Soluzione (Laura Pausini), lançada no mês passado no CD Fatti Sentire. Acontece que as vezes pegamos uma música e, ao traduzirmos, ela não faz sentido nenhum no nosso idioma, então reescrevi em forma de texto, tentando ser o mais fiel possível, mas nem é esse o intuito. Quis adaptar à realidade que faz parte da minha vida, quem eu era, quem eu sou e quem eu serei. Virão outras músicas nesse formato. Se gostarem, deixem sua curtida! (isso também nunca fiz – pedir curtidas).

A Solução

Você estava entre toda aquela gente, com aquele ar de importante e era você que encheu meu céu de pipas e transformou em poesia as minhas muralhas.
Era você naquela noite que nos perdemos entre mil fases, contratempos e contra o tempo. Você nunca me reconheceria com os olhos que você tem agora, e mesmo assim, ainda hoje, me refiro a amanhã, para não pensar mais naquela época.

Mas não acredite naquilo que diz, que nos perdemos e que nosso tempo passou. Não acredite nisso!

Eu deixo um passado de fantasmas à procura de novos limites, mas nesta noite de verão um pouco de frio é preciso. Deixo meus medos irem embora com um sopro de vento, para poder te cobrir somente com meu silêncio, e eu já não distingo mais horizontes, universos ou destinos. Só sei que ainda é você a solução.

Era você naquela noite em que nos perguntamos se teríamos que terminar onde terminam todos os momentos, e entretanto, você sabe que vai mantê-los, mesmo que ainda hoje, eu me refira a amanhã. Mas não pense mais nisso!

Mas não acredito naquilo que diz, que este fogo diminuirá e se tornará apenas cinzas. Você mesmo não acredita nisso!

Eu deixo um passado de fantasmas à procura de novos limites, mas nesta noite de verão um pouco de frio é preciso. Deixo meus medos irem embora com um sopro de vento, para poder te cobrir somente com meu silêncio, e eu já não distingo mais horizontes, universos ou destinos. Só é você ainda a solução.

Com os olhos vermelhos daqueles que foram longe demais, ou talvez eu não me lembre de ter chorado, mas são recordações suas que tenho guardadas. É o meu amanhã!

Eu deixo um passado de fantasmas com o futuro pela frente, mas nesta noite de verão a vida será como precisamos. Agora eu sei que posso deixar meus medos nos ombros do tempo para reescrevermos na escuridão o nosso céu diferente. E eu não distingo mais horizontes, universos ou destinos. Mas ainda é você a solução. A solução. A solução!

Ser italiano é muito mais que ter um passaporte de cor grená, ou ter acesso à todos os países do mundo com mais facilidade. Ser italiano é ter o sangue quente, é falar alto e gesticulando. É ser emotivo e sistemático ao ponto de discutir com um filho abraçando-o.
Ser italiano é conhecer e amar a nossa cultura, o nosso jeito, a nossa arte, é gostar de coisas antigas e de ficar por horas admirando um monumento e imaginando todas as batalhas que se passaram ali durante séculos e há muito tempo antes de nós italianos mais jovens existirmos. Ser italiano é mais que amar uma pizza ou uma pasta al dente, é ter um jeito diferente de comer sem se preocupar com o que as outras pessoas possam pensar, porque o fato de sermos italianos nos inocenta de qualquer má impressão que possam ter dos nossos costumes. Ser italiano é se emocionar com as coisas mais simples do mundo, é ter os olhos molhados de lágrimas sem saber o porquê, é aceitar a lei do tempo e da vida que nos dá e nos tira a dádiva de viver, é envelhecer como um bom vinho e descansar à sombra de uma árvore contemplando o horizonte.
Ser italiano é discordar e questionar pelo nosso direito, é brigar pela justiça, é se comover com a dor e com o sofrimento alheio, ser italiano é estar condenado à sentir todo tipo de emoção e sentir as dores do mundo como se fossem nossas, é trazer para dentro de si a injustiça sofrida por outros, é gostar de festa, de dança, de barulho, de comilança, de crianças correndo e de gente chegando, essa é a saga de ser italiano, de carregar nas veias o sangue vermelho, como o vermelho vivo que está na bandeira da Itália e que o mundo todo se arrepia quando assiste a mesma tremular. 🇮🇹🇮🇹🇮🇹

(Texto de Braz Gardini)

%d blogueiros gostam disto: