Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \28\UTC 2015

You wanted the best? You got the best… the hottest band in the world: KISS
Vocês queriam os melhores? Vocês conseguiram os melhores… a banda mais quente do mundo: KISS

Foi assim que o show começou! A energia tomou conta do espaço do meu corpo, mente e espirito. Os caras mascarados, que antes, na infância eu tinha medo, estavam ali, frente à 40 mil pessoas enlouquecidas pelo baixo do Gene Simmons, pela guitarra do Tommy Thayer, pela bateria de Eric Singer e pela voz de Paul Stanley, mais conhecidos como The Demon, The Spaceman, The Catman e The Starchild, respectivamente. A banda mais quente do mundo veio para o Brasil em turnê celebrando os 40 anos de sucessos empolgantes e badalados, e em passagem por São Paulo, participaram do festival Monsters of Rock, na Arena Anhembi.

Fui presenteado pela minha namorada com o ingresso para o show do Kiss, que virei fã há 8 meses, desde que começamos a namorar, e eu comecei a gostar – muito – dessa banda. Nunca pensei que o rock seria tão gostoso de ser ouvido. Lembrando que há muitas classificações de rock: o hard rock, glam rock, heavy metal… O Kiss faz o gênero hard rock e glam rock, o que tornam as músicas muito mais audíveis (diferente daquelas bandas que só há gritaria, arrotos e demais coisas desnecessárias). Se entende a letra, há melodia nas músicas, e o instrumental é demais…

Quem pensa que rock é pancadaria, bate cabeça e gritos, engana-se! A minha impressão do primeiro show de rock da minha vida foi de um espetáculo impressionante e perfeito! A organização do espaço, a limpeza do local, a diversidade gastronômica – incluindo um espaço gourmet, a educação das pessoas, tanto atendentes, quanto expositores e público em geral, enfim. E se tratando do show em si, foi algo arrebatador, cada detalhe, e foram muitos:

– Explosões pirotécnicas;
– Fogos de artifício saindo da guitarra;
– Baixista cuspindo fogo e depois sendo alçado para cima do palco, simulando um voo;
– Vocalista atravessando o público em uma tirolesa;
– Bateria sendo suspensa e depois dois tigres aparecem do lado da bateria;
– Fogos de artifício de mais de 5 minutos após o show, entre outras.

Isso foi só um pouco do que é o show do Kiss. Uma experiência agradabilíssima!

Apesar do som alto, há músicas mais calmas, que eu espero um dia poder ouvir ao vivo, entre elas as famosas Beth, I Still Love You (pausa dramática para essa), Nothing Can Keep Me From You e Everytime I Look At You. Músicas com uma enorme carga de sentimento e arrependimento por um amor que se foi.

Espero poder ir em outros shows dessa banda, e recomendo a todos que gostam ou não de rock, pois os caras são f***.

KISS-kiss-30725681-800-600

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: