Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \28\UTC 2016

Não desista de amar

NUNCA DESISTA DE AMAR

O amor é eterno e maravilhoso em sua essência, capaz de realizar as mais importantes transformações em um ser humano.

Alguns vivem o amor em sua plenitude pelo simples fato de dispor dele em abundância. Aprenderam a amar, a se entregar ao ser amado e a estabelecer relacionamentos criativos. Outros sofrem com seu relacionamento amoroso. Depois de algumas decepções, tendem a se isolar e a adotar uma postura cética em relação ao amor. Preferem ficar em casa no sábado à noite, assistindo a um filme. Passam todos os fins de semana sozinhos. Nunca aceitam o convite de um colega para sair. No início, sentem-se aliviados, pois acham melhor evitar problemas do que sair em busca do amor. Mas, depois de algum tempo, a solidão começa a apertar o coração.

Nunca desista de amar. Assuma sempre o risco de demonstrar seu amor, mesmo que a outra pessoa não vá aceitá-lo, porque amar alguém não é um problema nem um defeito; é uma virtude. Se ela não aceitar o seu amor, o problema não é seu, pois, uma vez que você descobriu o jeito de amar, ficará faltando apenas encontrar um companheiro para a viagem a dois.

Se você está só, abra o seu coração, coloque um sorriso no rosto, retome o brilho nos olhos e acredite que a vida lhe prepara maravilhosas surpresas. Tenho a esperança de que com esta nossa conversa você tenha conseguido mais energia e inspiração para desfrutar melhor o Amor, uma realidade valiosa demais para ser banalizada.

E lembre-se: você é o autor da sua vida e é capaz de escrever uma história de amor muito linda, na qual receba e dê muito amor. Saiba sempre que amar pode dar certo, desde que você cuide do Amor com muito carinho e sabedoria.

O amor é eterno e maravilhoso em sua essência, capaz de realizar as mais importantes transformações em um ser humano, mas as pessoas atualmente se machucam muito porque não aprenderam a amar de uma forma plena.

O problema não está no amor. O ser humano não consegue ser feliz sozinho. Desistir de amar é deixar de lado uma parte fundamental da própria vida, e por isso mesmo é triste ver tantas pessoas tratarem o amor com desprezo, acharem as manifestações de romantismo algo feio e, principalmente, desistirem de viver um grande amor. Vale a pena amar, acreditar no amor, entregar-se ao amor. O amor satisfaz os nossos mais profundos desejos de compreender e ser compreendido, de valorizar e ser valorizado, de dar e receber.

Amar pode dar certo

O ser humano só pode existir em paz consigo mesmo se puder se relacionar com uma pessoa a quem diga, com palavras e gestos, “eu te amo” e de quem ouça com total sinceridade: “Eu também te amo”.

Mas amar supõe evoluir todos os dias, conhecer o outro cada vez melhor, construir com ele um lugar no mundo em que as pessoas, ao entrar, sentirão que ali existe vida, carinho sincero, vontade de acertar.

Nos momentos de crise ou de mágoa, dizer “eu te amo” ao parceiro é ter a coragem de lhe dizer que ele fez algo de que você não gostou.

Nos momentos de alegria e êxtase, dizer “eu te amo” é saber compartilhar essa alegria com quem você ama, abrindo seu coração sem reservas.

Nos momentos de dor, dizer “eu te amo” é talvez não dizer nada, mas deixar evidente ao outro que você está ao seu lado aconteça o que acontecer.

Nos momentos em que você perceber que errou, a melhor maneira de dizer “eu te amo” é simplesmente dizer: “Desculpe pelo meu erro”.

Nos momentos em que o outro errou, e está triste porque cometeu o erro, a melhor maneira de dizer “eu te amo” é se aproximar lentamente dele, colocar a mão em seu ombro e dizer suavemente: “Tudo bem, já ficou para trás”.

Amar pode dar certo é a frase mais simples possível para traduzir a convicção de que nascemos para amar e ser amados, e que nossa felicidade consiste em realizar essa missão.

Roberto Shinyashiki

Read Full Post »

Curitiba, meu amor!

FotorCreated

De 5 a 12 de janeiro estive com minha namorada em Curitiba – PR, no sul do Brasil [escrevo isso porque há leitores de fora do país], e passei por lugares incríveis. OK, Curitiba não há praia, não há montanha, é uma metrópole… e é exatamente por ser assim que impressiona mais ainda, pois os jardins e parques dessa cidade são incríveis, quase difíceis de acreditar que estamos em uma cidade grande.

Primeira constatação: o transporte coletivo funciona! São em sistemas de tubos, bem parecidos ao metrô que conhecemos. Há as paradas específicas. É algo tão bem planejado que é até mais seguro (isso mesmo, a segurança pública que tanto nos falta aqui em São Paulo). Há câmeras de vigilância em cada parada, há o operador (cobrador), um painel anunciando o horário que o próximo ônibus irá passar britanicamente. E o melhor, aos domingos, a passagem reduz pela metade para todos os usuários, custando apenas R$1,50!

Fomos no Hard Rock Café, o único da América Latina. Nem parece Brasil. Atendentes (todos, sem exceção) muito sorridentes, atenciosos, felizes com o que estão fazendo. Totalmente satisfeitos em estarem alí. Isso conquista a todos logo na porta do Café. Drinks excepcionais, citando principalmente o Big Ka Blue Na, uma mistura de Curaçau Blue, com Abacaxi e algumas outras coisas que não me lembro, mas que deixa a bebida refrescante e deliciosa. Tomei dois! As porções poderiam ser mais bem servidas, já que se paga por isso! A dica é comer uma pizza em algum lugar antes e depois ir pra lá curtir o ambiente, as guitarras e roupas de astros da música (e não só rock), e claro, uns bons drinks.

Na rota gastronômica fomos num restaurante árabe, onde experimentei uma bebida árabe, o Arak (se pronuncia árac). INCRÍVEL! Um néctar dos deuses das Arábias. A alquimia acontece quando se coloca o gelo na bebida incolor. Ela fica com um aspecto leitoso, e por isso é conhecida como Leite de Leão ou Leite de Camelo. É uma bebida feita com anis estrelado, uva e tâmaras, se não me engano. Acreditem! Uma delícia!

Visitamos um dos bares mais tradicionais de Curitiba, o Bar do Alemão. Claro que foi uma noite muito agradável, com porções e submarino. O que é isso? Algo que você deve experimentar pra nunca mais. É uma bebida de uma vez só! Muita brisa… uma canequinha de steinhaeger dentro do chopp, mas que faz você rir das coisas mais idiotas. O efeito passa rápido, não se preocupe!

Outros recomendáveis: Batataria da Tia Lila, Restaurante Tuba’s, Cia do Pastel, Batel Grill (a melhor churrascaria de Curitiba).

Como atrações turísticas, é altamente aconselhável que você compre um ticket para a Linha Turismo, que te dá direito a visitar 4 pontos turísticos dos 25 principais dessa rota. Conhecemos o Parque Tanguá, a mesquita e a feirinha do Largo da Ordem (de domingo apenas), o Museu Oscar Niemeyer, o Jardim Botânico, o Passeio Público, o Mercado Municipal, Shopping Estação e Museu Ferroviário, a Rua 24 Horas, enfim… tem muita coisa para ver na cidade. Há muitos lugares onde você pode comer bem e fazer compras. Castanhas, Nuts, Frutas Secas, Temperos, tudo muito barato! Vale a pena.

Com certeza voltaremos mais vezes e voltaremos com uma mala só de coisas assim. Ahhhh, quase me esqueci, o hotel que ficamos: Golden Park Curitiba, fica bem no centro da cidade, perto de tudo. Serviço de primeira, limpeza, atendimento, café da manhã. O melhor custo-benefício, com certeza! Visite Curitiba, vale a pena!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: